Você esta em Ações do Governo Fauzi /

Julho de 2009

18/07/2009 18:41:00

Internet: Crianças precisam de limites


Pesquisa realizada pela organização não-governamental Safernet aponta que 53% das crianças e dos adolescentes entrevistados já encontraram conteúdo impróprio na internet. Mais preocupante é que 87% afirmam não ter limites para navegar.

Entre os participantes do levantamento, 38% dizem ter medo de manter contato com adultos mal intencionados enquanto navegam e 28% contam que já encontraram pessoalmente alguém que conheceram na rede.

“São sinais de que crianças e adolescentes ainda não têm dimensão de que a internet é um espaço público.

As fotos que a gente publica não são vistas apenas pelos amigos e pela família. Qualquer um pode vê-las”, diz o diretor de prevenção da Safernet, Rodrigo Nejim.

A pesquisa aponta, também, que 21% dos entrevistados nunca se sentem seguros na web: 38% foram vítimas de ciberbullying; 29% já tiveram seus dados/perfil roubados; e 26% nunca buscaram dicas de proteção.

“As pessoas têm uma ideia de que a internet é uma terra sem lei, de anonimato completo, de impunidade. E não é bem assim”, afirma Nejim.

Segundo ele, pais e filhos precisam conversar sobre a forma como usam a rede. “Da mesma forma que as crianças não podem aceitar balas de estranhos, elas não devem aceitar e-mails estranhos, pedidos de amizade de estranhos no Orkut, no MSN”, compara.

Não adianta, no entanto, proibir o uso da internet nem vigiar o comportamento dos filhos. “É preciso dialogar, orientar e fazer um acompanhamento”, diz. Folha de S. Paulo


Fonte: www.promenino.ogr.br

Início | 2009 | Julho