Você esta em Ações do Governo Fauzi /

Julho de 2009

24/07/2009 14:04:00

UEMS reestrutura unidades universitárias e cursos



O Diário Oficial publicado em 22 de julho, no Estado, oficializa as decisões a que chegaram os conselheiros da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, nas reuniões do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e do Conselho Universitário (COUNI), quanto à reestruturação pela qual passa a UEMS a partir do próximo ano.

Dentre as resoluções publicadas, foi aprovada a criação de três cursos na Unidade Universitária de Campo Grande, sendo eles: licenciatura em Artes Cênicas e Dança; e licenciatura em Geografia, ambas no período noturno, e, ainda, curso de Letras, habilitação português/inglês e suas literaturas ou habilitação português/espanhol e suas literaturas. Além da licenciatura, também será oferecido o bacharelado em Letras para a unidade de Campo Grande, sendo que as licenciaturas funcionarão a noite e o bacharelado vespertinamente.

Para que houvesse essa acomodação, migraram do interior do Estado para a capital os cursos de Geografia (Glória de Dourados) e Letras (Nova Andradina). Como alternativa, a cidade de Glória passa a se fortalecer como um pólo de formação tecnológica, sendo que a partir deste vestibular já oferece o curso superior de Tecnologia em Produção Sucroalcooleira, no período noturno, e o curso superior de Tecnologia em Agroecologia, turno integral.

Também Ivinhema e Naviraí recebem cursos superiores voltados ao mercado de trabalho, sendo eles Tecnologia em Horticultura, que será oferecido no período da manhã em Ivinhema, e Tecnologia em Alimentos, no período da tarde em Naviraí.

Para substituir o curso de Letras de Nova Andradina, fica aprovada, de acordo com as demandas locais, a criação da licenciatura em Computação, ofertada no período matutino e voltada principalmente para a prática pedagógica da informática nas salas de tecnologias, já que para essa função faltam profissionais capacitados.

Na Unidade de Dourados, o Vestibular 2010 traz a oferta de duas novas engenharias: engenharia física, que passa a ser o segundo curso do país; e engenharia ambiental, também buscando atender melhor ao mercado profissional no processo em que se presencia a chegada de várias indústrias na a região.

Por fim, faz parte ainda da reestruturação, a alteração da duração do curso de Turismo - Ênfase em Ambientes Naturais de Dourados e Jardim que passam a ter quatro anos. Altera-se também o turno de oferta do Curso de Ciências Contábeis, bacharelado, em Ponta Porã, que passará a ser ofertado no período noturno.
Destaca-se, porém, que essas mudanças atingirão somente os alunos ingressantes em 2010. Para os alunos já matriculados nada muda.

Para a Pró-Reitora de Ensino da UEMS, Profa. Dra. Elisangela Scaff, essa reestruturação representa um grande avanço nesses quinze anos da UEMS, pois define com maior clareza o perfil de cada Unidade Universitária, contribuindo significativamente para o seu fortalecimento institucional e marcando definitivamente a posição que a UEMS ocupa no desenvolvimento do estado de Mato Grosso do Sul.

Fonte: Assessoria de Imprensa - UEMS

Início | 2009 | Julho