Você esta em Ações do Governo Fauzi /

Julho de 2009

26/07/2009 18:29:00

GESAU realizou blitz educativa nesta manhã



“Parabéns pela iniciativa” foi o que mais se ouviu das pessoas durante a 1ª Blitz Educativa do projeto – Poluição Sonora: um crime à Saúde e ao Meio Ambiente - realizada nesta segunda-feira (27) no centro de Aquidauana. A blitz contou com apoio irrestrito da Polícia Militar, Militar Ambiental, Corpo de Bombeiros, Gerência de Produção e Meio Ambiente, Sicredi e Simasul – empresas patrocinadoras - e a equipe da Gerência de Saúde, responsável pela execução do projeto.

Além de panfletos e apresentação teatral foram distribuídos adesivos para os motoristas que aderiram ao projeto de autoria de Adriana Lisbôa e coordenado por James Silveira do Núcleo de Vigilância em Saúde do Município. Representando o prefeito Fauzi Suleiman (PMDB), o vice-prefeito Vanildo Neves (PSDB) elogiou as atividades da GESAU e ressaltou a necessidade da realização da blitz para conscientizar a sociedade. “Uma boa iniciativa que vai trazer bons resultados para Aquidauana”.

A dona de casa Sônia Maria Pacena, que tomou conhecimento do projeto ao ser abordada pela equipe da GESAU, demonstrou satisfação ao saber que o governo municipal está trabalhando para a regulamentação da questão sonora. “Aprovo, mas acho que já era para existir a mais tempo”.

O tenente Nedson Lino Veiga da Polícia Militar está empolgado com as atividades referentes ao projeto e relata que as pessoas ainda precisam mudar a consciência no que diz respeito ao som alto. Ele lembra que há muitas reclamações de moradores da região da Avenida Pantaneta que sentem incomodadas com a situação. “A blitz trará resultados positivos por conscientizar essas pessoas”.

Flávio Weiss, representante do Sicredi de Aquidauana – uma das empresas parceiras disse que o som muito alto como os que são aplicados por lojas ou carros de propaganda ao invés de ajudar acaba atrapalhando por conta da altura. “Chega ser desagradável”. Sobre a blitz, Flávio disse que é importante a população está informada sobre a lei e sobre a execução do projeto. “Não basta chegar e fazer a atuação tem que ter esse trabalho de conscientização”

Dois gerentes de lojas também se manifestaram sobre o trabalho. Daniele Ferreira conta que tem conhecimento da lei que regulamenta a sonorização, mas diz que a campanha é importante para conscientizar a população como um todo. Clodoaldo dos Santos, gerente de outra loja, considerou importante o projeto por regulamentar atitudes de algumas pessoas ou lojas no que tange a sonorização. “O pessoal tem que tomar consciência sobre a poluição sonora que prejudica e saúde das pessoas”.

Esta semana a equipe responsável pela execução do projeto se reunirá com os a equipe de trânsito da Polícia Militar, proprietários de lojas, empresas de sonorização e também com representantes das igrejas para definir novas ações.


Fonte: ACS/AQUIDAUANA

Início | 2009 | Julho