Você esta em Ações do Governo Fauzi /

Fevereiro de 2012

29/02/2012 14:56:00

Investimentos qualificam o prefeito Fauzi como ‘o prefeito da Educação’



Enquanto prefeitos de todo o Brasil marcham até Brasília esta semana para discutir com o governo federal o novo piso salarial nacional para professores estipulado pelo Ministério da Educação - e sua implicação nas folhas de pagamentos - o prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), está tranquilo.

Desde o ano passado Fauzi Suleiman antecipou-se a esse processo e já havia feito aprovar na Câmara Municipal o piso nacional para os professores do município e mais 1/3 da jornada de trabalho para planejamento de aulas, obedecendo a Lei Federal nº 11.738/08.

Segundo observadores que acompanham de perto os caminhos da educação em Aquidauana há muitos anos, o gesto do prefeito Fauzi foi corajoso. “Muito mais que uma decisão voltada para a Educação, a aprovação do piso nacional para Aquidauana foi uma corajosa decisão política do prefeito”, afirmam.

Educação é uma das bandeiras do governo Fauzi

“É claro que isso implica em ônus para o município, tendo em vista que a folha de pagamento vai sofrer significativa alteração. Entretanto, o que importa nesse momento é que estamos cumprindo um compromisso de melhorar a qualidade da Educação do município, compromisso esse firmado com a categoria, onde se inclui o pagamento de salários de acordo com o piso nacional. Os professores de Aquidauana esperaram 16 anos por isso e agora vêm seus direitos assegurados, inclusive com o 1/3 de hora atividade”, disse o prefeito Fauzi.

“Em relação a essas horas para planejamento, isso quer dizer que teremos que contratar este ano mais de 60 professores para completar o quadro”, afirmou o gerente da pasta da Educação, professor Ordalino Cunha. “Mas, como a educação é uma das bandeiras do governo do prefeito Fauzi, todo o esforço será compensando com a melhoria da educação do município. Atrevo-me a dizer que o prefeito Fauzi está sendo reconhecido como ‘o prefeito da Educação”, disse Ordalino.

FETEMS destaca Aquidauana na vanguarda

Em relação ao piso nacional já aprovado em Aquidauana desde 2011, importante destacar que o gesto vem sendo veiculado na imprensa estadual com bastante ênfase.

A própria Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul - FETEMS – entidade máxima na defesa da categoria, publicou nota na imprensa estadual em janeiro último, reivindicando que fosse cumprida em todo o Estado a Lei Federal nº 11.738/08, que assegura 1/3 da jornada de trabalho dos educadores para o planejamento de aulas. Na mesma, nota a FETEMS destaca Aquidauana como um dos poucos municípios do Estado a seguirem a determinação legal federal.

“Algumas prefeituras do Estado já vem dando o exemplo”, diz a nota e cita Aquidauana entre os poucos municípios na vanguarda desse processo. “Quem ganha com isso são os alunos, pais, profissionais da educação e toda a sociedade”, completa a nota da FETEMS.

Outro bom destaque para a medida do prefeito Fauzi Suleiman foi dada na semana última, quando a renomada educadora Fátima Silva - ela própria ex-presidente da FETEMS - esteve na cidade para participar da Formação Continuada da GEMED e também teceu rasgados elogios ao prefeito pela aplicação do piso nacional em Aquidauana.

Outros investimentos que colocam a Educação como prioridade

Ações paralelas e complementares diretas desenvolvidas pelo governo do prefeito Fauzi voltadas para a Educação reforçam a afirmativa do gerente Ordalino.

Na atual administração, foram reformadas 100% das escolas indígenas e dos distritos de Piraputanga, Camisão e Cipolândia; na cidade a reforma do CAIC Antônio Pace; aguardando liberação de recursos a reforma da escola Erso Gomes; os mais de 5 mil alunos da REME contam hoje com uniformes e kit de material e ainda uma mochila escolar distribuídos nas aldeias, na cidade, nos distritos e assentamento Indaiá; foram reformados e/ou ampliados os Centros de Educação Infantil; em fase final as obras de um novo Centro de Educação Infantil ao lado da Escola Erso Gomes; a municipalização da antiga creche Bezerra de Menezes; aquisição de novos veículos para o transporte escolar; a reforma do auditório do Caic e outras medidas, como instalação de ar condicionado em importantes setores escolares e internet nas aldeias e distritos.

Pesa, ainda, favoravelmente às ações positivas para a Educação de Aquidauana as eleições diretas para diretores e adjuntos, media essa reivindicada há mais de 10 anos pela categoria.

Atuações indiretas

De forma indireta, a reforma de pontes e conservação das estradas que demandam às escolas da zona rural e indígenas também são ações do prefeito Fauzi que tornam a acessibilidade mais confortável aos professores e alunos. Ainda de forma indireta, a Prefeitura de Aquidauana coloca à disposição de acadêmicos uma residência com 13 vagas e também apoia o transporte de pais de alunos de Aquidauana que estudam na Fundação Bradesco e dedicou boa parte do ano de 2009 para recuperar um projeto perdido de instalação em Aquidauana do campus do Instituto Técnico Federal, uma obra orçada em mais de 7 milhões de reais.

“Enquanto a CNTE organiza uma greve nacional pela garantia dos direitos dos trabalhadores em educação, o prefeito Fauzi receberá da FETEMS uma homenagem por ser um dos poucos prefeitos a cumprir a Lei do piso em sua integralidade”, finalizou o professor Ordalino fundamentando sua afirmativa de que o prefeito Fauzi é o prefeito da Educação.

Fonte: Agecom/Carlos Cabral

Início | 2012 | Fevereiro